quinta-feira, 31 de março de 2016


se o outro lado do espelho esconde a sombra que não há
e o vazio está sujeito nesse instante a encontrar
sua imagem fugaz tão perfeita feita de matéria clara
é claro que eu não me iludo
isso não é conteúdo real

se o que vi ouvi ou vejo sinto e tenho no passado
e a nossa mente reinventa como tendo imaginado
foi miragem no reflexo do espelho revisitado e vai
talvez de volta pra fonte 
linha sem horizonte não sei

ser só passagem 
sentir 
a outra imagem reluz 
no sopro de um momento
estar na viagem 
rever 
a outra margem você 
e o céu azul em movimento
[2011]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

<_/´\_/`\__>~ tss