terça-feira, 25 de novembro de 2014

Amor

e nossos pratos sobre a mesa.
me recordo:
(e chove - é tudo que pedi à deus -, há vida!)
teu peito no meu teto branquíssimo seio,
te bebo, estréio, triunfo,
arrepêlos,
estrelas, estrelas, estrelas,
luzidias nascentes estrelas
lembrança da nossa Santa primeira
do nosso egito e catacumbas, do nosso ravel,
das
nossas
luvas(,)
em cetim contemplo;
"tocar-nos-emos somente aos feriados
quando o sol estiver pra se pôr sobre nosso leito.
no resto dos dias,
olhemo-nos.
prometemos, nunca quando cansados!,
mas sempre que em vívidos hálitos...,
amar-nos-emos,
prometemos."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

<_/´\_/`\__>~ tss