quarta-feira, 9 de abril de 2014

cirúrgica

saí de são paulo. saí com gosto de gozo na boca; no caminho foi tudo secando e eu afobando uma torneira logo, que nojo, que delícia, que nojo, que delícia, cheguei! cheguei numa cidade mais limpa, com mais espaço e pé de fruta. desisti da vida franciscana? desisti, mea culpa. lara, to com um textinho mal educado bem na goela, me empreste um disco pelo amor de deus senão vou sufocar aqui, preciso me levantar e sacudir os ossos pra poeira engordurada desgrudar e o ranço todo só sai com querosene. preciso me esfregar em alguma pedra. urgentíssima precisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

<_/´\_/`\__>~ tss