sexta-feira, 20 de setembro de 2013

o ouvido intrometido no metrô

"cê nunca mais escreveu nada lá, anda numa secura há meses. anda gastando tudo na porra né? pilantra. várias novinha, várias festa, muito sexo e muita erva. acho até tá dando uns pinote vez em quando. música agitada faz isso na gente. eu que tô aqui escravo do meu som...num aguento mais tua falta. só que quando cê parar quieto eu já vou ter virado história"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

<_/´\_/`\__>~ tss