terça-feira, 29 de janeiro de 2013

lembrete do meu - eternamente - melhor amigo




sorri.
que a vida é nada
além deste fato (v)indo

e faz careta,
dá pirueta,
perde a linha

que não tem por onde seguir
não há como fugir:
tenta sorrir

que é isto que basta
pruma vida larga
cheia de colidir

se não der jeito
enche o peito:
vai que eu tento!

de novo, de novo, de novo:
eu te aperto.
vai que dá certo?

2 comentários:

<_/´\_/`\__>~ tss