domingo, 8 de julho de 2012

"li teu email atenciosamente e parece que finalmente estamos de acordo. fico feliz assim e admito não ter posicionamentos altruístas sempre - nesse exato momento por exemplo não consigo pensar em nada além dos meus livros, o que impossibilita um diálogo com voce -, vez em quando penso só em mim mas já não me ponho em martírios por isso, mereço todos os mimos desse mundo, sou mimadíssima mamãe diz assim "você é mimadíssima, lavínea!"
acabei de assistir "Coco antes de Chanel" tre bien, lindo, lindas as criações, construção nada incomum e fotografia mais ou menos (amo as fotografias dos filmes, você o saberia se tivessemos sido mais amigos e menos amantes) e Audrey sempre com aquele sorriso fosco nos filmes conversa com teu amado:"- Eu sempre soube que nunca ia me casar, Boy.", aí depois dessa fala lembrei de mim, coisa maluca que é o cinema...(tem até aquela coisa de nove em dez estrelas de cinema make me cry..como era?) decidi por uma pós graduação em cinema, te contei? preciso largar essa mania de prolixar. e também de fazer planos acadêmicos.
fico definitivamente satisfeita em saber tudo isso que voce me disse, meu ego goza deliciosamente quando voce diz que sou inesquecivel e voce se orgulha dos tantos momentos comigo...me orgulho de ter conseguido ser feliz com você, ah como fui...
mas... eu sempre soube que nunca ia me casar, tadeu.

um beijo,
lavínea"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

<_/´\_/`\__>~ tss